Polícia busca imagens do roubo de carga em Viracopos

Na fuga os criminosos levaram todo o sistema de monitoramento de câmeras do galpão da TAM

Ricardo Brant, do O Estado de S. Paulo,

24 de outubro de 2012 | 19h17

CAMPINAS - A Polícia Civil solicitou as imagens captadas pelas câmeras de segurança de empresas ao lado do galpão da TAM Cargo, no Aeroporto Internacional de Viracopos, em Campinas (SP), para tentar identificar a quadrilha que roubou uma carga de iPhones e iPads da Apple, avaliada em R$ 3,9 milhões, na madrugada da terça-feira, 23. Os funcionários que foram rendidos pelos assaltantes também serão ouvidos até sexta-feira.

Em uma ação que durou aproximadamente uma hora e meia, cinco homens encapuzados armados com metralhadoras e pistolas invadiram o depósito de cargas da TAM, renderam pelo menos oito funcionários e levaram 12 caixotes carregados de produtos eletrônicos.

A polícia trabalha com a hipótese de que os criminosos sabiam o que estavam buscando e teriam tido informações para retirar e apagar possíveis pistas. Na fuga, os criminosos levaram todo sistema de monitoramento de câmeras do galpão da TAM. A carga havia desembarcado em Viracopos às 22h, na noite de segunda-feira, 22. O roubo ocorreu durante a madrugada.

Responsabilidade. A Secretaria de Aviação Civil (SAC) da Presidência da República informou nesta quarta-feira que a segurança do local onde ocorreu o roubo não é de responsabilidade da Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero).

A Infraero, por sua vez, já havia dito que a segurança nos galpões das companhias é de responsabilidade das empresas e que a segurança da rua de acesso ao depósito é da Polícia Militar.

Tudo o que sabemos sobre:
roubocargaViracoposSP

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.