Polícia começa a apurar roubo e morte em voo

A Polícia Civil do Rio começou a investigar o roubo de U$ 8 mil da brasileira Maria Petrúcia Ribeiro da Silva, de 68 anos, que morreu no sábado, logo depois de desembarcar de um voo da TAM, vindo de Nova York. A queixa foi registrada ontem pela filha da passageira, a atendente de aeroporto Sandra Williams, de 37 anos. A polícia ainda apura se houve omissão de socorro na morte da brasileira e pediu o registro das conversas entre o piloto do avião e a torre de controle. O corpo de Maria Petrúcia está sendo embalsamado para ser transportado para Nova York.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.