Polícia descobre fraude em licitações no RS

A Polícia Civil do Rio Grande do Sul descobriu um esquema de fraudes em licitações para contratação de serviços de tratamento de água em diversos municípios do Estado. Depois de uma denúncia anônima e de um período de investigações, uma equipe prendeu dois empresários em Lajeado e cumpriu 22 mandados de busca e apreensão em outros 13 municípios nesta terça-feira. Os suspeitos teriam pagado propinas a funcionários públicos para obter privilégios nas concorrências e combinado preços para definir entre eles quem venceria a disputa em determinado município, estabelecendo uma divisão prévia dos serviços.

ELDER OGLIARI, Agência Estado

17 de setembro de 2013 | 18h54

A investigação vai apurar ainda se o tratamento que as empresas davam à água era adequado às exigências sanitárias, se há envolvimento de servidores públicos em irregularidades e qual a participação efetiva no esquema das empresas que disputaram licitações. Ao final do inquérito, os envolvidos poderão ser indiciados por fraude, desvio de dinheiro público, corrupção e formação de quadrilha.

Mais conteúdo sobre:
fraudelicitaçãoRS

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.