Polícia destrói 1 mi de pés de maconha no norte da BA

A Polícia Militar (PM) baiana anunciou hoje ter incinerado mais 1 milhão de pés de maconha na região de Juazeiro, a 508 quilômetros de Salvador, nos últimos dez dias. De acordo com a PM, foram erradicadas 93 plantações da droga, apreendidos cerca de 320 quilos de maconha pronta para consumo, 750 mudas da planta e fechadas 205 mil covas, onde novas plantas seriam cultivadas. Segundo cálculos da PM, o prejuízo para os traficantes gira em torno de R$ 30 milhões. Porém, ninguém foi preso.De acordo com o coronel Wellington Muller, comandante da operação, outras ações semelhantes já estão programadas. "Queremos desestimular os agricultores a seguir plantando a droga", afirma. "Agora, temos de ter atenção redobrada com relação a outros tipos de crimes. Com o prejuízo causado pela operação, os criminosos devem procurar outras formas de conseguir dinheiro, como em assaltos."As apreensões ocorreram quatro meses após o fim da Operação Prometeu, que erradicou 1,5 milhão de pés de maconha na mesma região. A operação, chamada Sertão Livre, envolveu cinco companhias da PM nos municípios de Juazeiro, Curaçá, Ibó e Xique-Xique.

TIAGO DÉCIMO, Agencia Estado

17 de outubro de 2007 | 17h36

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.