Polícia Dinamarquesa diz que atirador foi provavelmente inspirado por ataques islâmicos em Paris

A polícia dinamarquesa identificou o atirador que acredita-se ser o responsável por dois tiroteios fatais em Copenhague e acredita que ele pode ter sido inspirado pelo último ataque militante islâmico do mês passado contra o jornal semanal satírica francesa Charlie Hebdo, disse um porta-voz neste domingo.

REUTERS

15 Fevereiro 2015 | 11h11

A polícia atirou e matou o homem no início de domingo e afirmou que não havia indicações de que o suspeito, que já era conhecido dos serviços de inteligência, estava agindo em conjunto com outros.

A polícia não divulgou sua identidade e se recusou a revelar qualquer informação a seu respeito.

(Reportagem de Ole Mikkelsen e Balazs Koranyi)

Mais conteúdo sobre:
MUNDO DINAMARCA POLICIA INSPIRADO*

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.