Polícia dispersa manifestantes em frente ao Congresso

Após ação da Tropa de Choque da Polícia Militar do Distrito Federal, os manifestantes agrupados diante do Congresso Nacional começaram a dispersar. Por volta das 22h, bombas de gás lacrimogêneo foram lançadas contra o grupo concentrado no gramado, que se espalhou pela Esplanada dos Ministérios.

DAIENE CARDOSO, Agência Estado

20 de junho de 2013 | 23h24

Um pequeno grupo ainda resiste à ação dos policiais. Alguns manifestantes permanecem no local e os policiais seguem perfilados em frente ao espelho d''água, limite imposto ao protesto pela PM. O objetivo é evitar que os manifestantes tenham acesso à Chapelaria da Câmara dos Deputados e consigam assim invadir o interior do prédio que abriga a Câmara e o Senado.

Tudo o que sabemos sobre:
protestoBrasíliadispersão

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.