Polícia do Rio investiga sequestro de bombeiros

Carro ocupado pelos militares foi interceptado no Complexo de Manguinhos, na zona norte

Fábio Grellet, Agência Estado

10 Maio 2012 | 19h48

RIO DE JANEIRO - Três bombeiros que atuavam em uma operação de combate à dengue na favela do Mandela, no Complexo de Manguinhos, na zona norte do Rio, foram rendidos por criminosos na manhã desta quinta-feira, 10. A polícia foi acionada mas, antes que conseguisse localizar os bombeiros, eles foram libertados pelos criminosos, por volta das 13 horas, sem serem submetidos a agressão ou roubo.

Segundo testemunhas, um grupo de pelo menos sete bandidos armados com fuzis e pistolas fechou a Avenida Leopoldo Bulhões às 10 horas. Um Gol ocupado pelos bombeiros foi interceptado. Ao ver o trio fardado, os bandidos ordenaram que eles descessem do veículo e, sob a mira das armas, caminhassem para dentro da favela. A busca pelo trio foi feita por PMs do Batalhão de Operações Especiais (Bope), auxiliados por um helicóptero e dois veículos blindados.

Mais conteúdo sobre:
sequestro bombeiro RJ

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.