Polícia do Rio prende suspeito de matar Priscila Belfort

Agentes da Superintendência de Inteligência do Sistema Penitenciário (Sispen) do Rio de Janeiro prenderam nesta segunda-feira, 22, na Vila Isabel, zona norte do Rio, Leonardo Luiz Batista, suspeito de participar do sequestro e morte da irmã do lutador Vitor Belfort, Priscila Belfort. Batista era foragido do Instituto Penal Vicente Piragibe desde o dia 3 de fevereiro. Priscila Belfort está desaparecida desde janeiro de 2004. De acordo com a polícia, uma quadrilha de sequestradores teria raptado e matado a jovem, que tinha 29 anos na época. Depois teria queimado o corpo de Priscila, que nunca foi localizado.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.