Polícia encontra fazenda de maconha em túnel de metrô em Roma

O local foi construído durante governo de Benito Mussolini e estava desativado, mas servia ao cultivo da erva.

BBC Brasil, BBC

15 de agosto de 2012 | 08h06

A polícia de Roma literalmente farejou uma fazenda de maconha em um túnel de metrô abandonado, construído durante o governo do líder fascista Benito Mussolini, em 1930.

Policiais encontraram o local após sentir o forte cheiro perto de uma entrada, não muito longe do banco central italiano. O túnel, com pouco mais de meio kilômetro de extensão, também estava sendo usado para o cultivo de cogumelos.

Havia também câmaras especiais para a secagem e processamento da erva.

A polícia disse que a descoberta estava entre suas maiores apreensões de maconha - um total de 340 kg da droga, com um valor estimado de 3 milhões de euros. BBC Brasil - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização por escrito da BBC.

Mais conteúdo sobre:
maconhatunelitalia

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.