Polícia estoura casa de jogos pela 2ª vez no RS

A polícia estourou ontem uma casa de jogos clandestina em Porto Alegre. A casa já havia sido fechada no último dia 10 por prática ilegal de jogos de azar. Foram apreendidos no local 15 máquinas caça-níqueis, cerca de R$ 600 em dinheiro, móveis e objetos que estavam no local, antigo prédio da churrascaria Fogo de Chão, na zona sul da capital gaúcha. No momento da abordagem, cerca de 20 pessoas estavam no lugar. O responsável pelo estabelecimento, um homem de 55 anos de idade, foi autuado em flagrante por porte ilegal de arma. Ele responderá também por exploração de jogos de azar. De acordo com a polícia, já havia sido preso pela na operação denominada "Oitava Praga". Após ser ouvido na Delegacia, o indiciado foi encaminhado ao Presídio Central. No fechamento anterior, os policiais apreenderam 74 máquinas caça-níqueis, móveis e objetos utilizados na jogatina, além de cerca de R$ 11 mil em dinheiro.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.