Polícia faz barreiras no entorno da Rocinha, no RJ

Cerca de 50 policiais militares do Batalhão de Choque permanecem no entorno da Favela da Rocinha, em São Conrado, zona sul do Rio Dee Janeiro, na manhã desta quarta-feira, antes da ocupação da área para a implantação de uma nova Unidade de Polícia Pacificadora (UPP), ainda sem data definida.

SOLANGE SPIGLIATTI, Agência Estado

09 de novembro de 2011 | 09h43

A operação têm o objetivo de coibir irregularidades e a saída maciça dos traficantes. Os policiais fazem rondas pelo bairro, revistando veículos e vans. Segundo a Secretaria de Segurança Pública do Rio, o procedimento é considerado padrão antes do início de uma instalação de UPP em comunidades.

Tudo o que sabemos sobre:
políciaRocinha

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.