Polícia identifica criminoso que mantém refém em hotel

A Polícia Civil do Distrito Federal já identificou o criminoso que mantém um homem refém no Hotel Saint Peter, na região central de Brasília, mas não vai divulgar os dados sobre ele. A única informação dada é que ele não é morador de Brasília.

FÁBIO BRANDT, Estadão Conteúdo

29 Setembro 2014 | 12h45

Segundo o chefe da Divisão de Comunicação da Polícia Civil, Paulo Henrique Almeida, um dos três negociadores que mantêm contato com o criminoso é especialista em explosivos e está no 13º andar do hotel, onde o caso transcorre. Ele vai tentar saber se o artefato que está com o criminoso é bomba ou não. Almeida pondera, no entanto, que, mesmo sendo uma bomba, o material não tem potencial para destruir o hotel, mas apenas causar danos no andar. Ainda segundo a Polícia, o criminoso age sozinho.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.