Polícia liberta mãe e filho de cárcere privado no RS

A Polícia Civil do Rio Grande do Sul libertou hoje uma mulher de 34 anos e o filho dela, de dois anos, que eram mantidas em cativeiro por traficantes, em Porto Alegre. As primeiras investigações indicam que a mulher teria ido comprar drogas num ponto de distribuição do bairro Campo da Tuca, onde foi retida pelos fornecedores, que ficaram com o dinheiro e o carro dela, na segunda-feira última segunda-feira. A família, que não foi procurada pelos sequestradores, registrou o desaparecimento. A polícia chegou ao cativeiro por informações de um denunciante anônimo.

ELDER OGLIARI, Agência Estado

16 Junho 2011 | 20h43

Mais conteúdo sobre:
RScárcere privadomãefilho

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.