Reprodução
Reprodução

Polícia prende acusado pelo incêndio no AfroReggae

O suspeito teve 30% do corpo queimado e falará com a polícia quando receber alta do hospital

FÁBIO GRELLET, Agência Estado

16 de julho de 2013 | 21h05

A Polícia Civil anunciou na noite desta terça-feira que prendeu em flagrante Wagner Moraes da Silva, de 20 anos, acusado pelo incêndio criminoso ocorrido no prédio do AfroReggae, no Complexo de Favelas do Alemão, na zona norte do Rio, na madrugada desta terça.

Wagner teve cerca de 30% do corpo queimado no incêndio e está internado sob custódia no Hospital Getúlio Vargas, na Penha, zona norte do Rio. Segundo o hospital, seu estado é grave.

O delegado Reginaldo Guilherme da Silva, da 22ª DP (Penha), planeja tomar o depoimento de Wagner assim que ele receber alta. Testemunhas já foram ouvidas e a perícia está sendo aguardada.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.