Polícia prende seis por corte ilegal de madeira no PR

Seis pessoas foram presas durante a madrugada pela Polícia Civil do Paraná, durante operação para prender uma quadrilha envolvida com o corte ilegal de madeira no Estado. Um dos presos é funcionário do Instituto Ambiental do Paraná, acusado de receber propina para liberar licenças de desmatamento. A polícia investiga também a participação de mais dois funcionários públicos em outros crimes ambientais. Até o fim do dia, a polícia pretende prender mais três suspeitos. As informações são da Globonews.

SOLANGE SPIGLIATTI, Agencia Estado

23 de outubro de 2007 | 10h10

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.