Polícia tenta identificar corpo achado na Rocinha (RJ)

O corpo de um homem ainda não identificado foi encontrado sábado (18) na favela da Rocinha. O cadáver estava na localidade conhecida como Terreirão e os moradores chamaram os agentes da Unidade de Polícia Pacificadora (UPP). Ainda não há informações sobre identificação e as circunstâncias da morte. O caso é investigado pela Divisão de Homicídios da capital.

THAISE CONSTANCIO, Estadão Conteúdo

19 de outubro de 2014 | 14h49

Troca de tiros

No Morro São Carlos, no Estácio, zona norte, dois policiais ficaram feridos após troca de tiros com traficantes no Largo da Bica. Um soldado da UPP local foi atingido na barriga e passou por uma cirurgia de madrugada deste domingo (19), no Hospital Central da PM, que fica em frente à favela. Ele está em estado grave, porém estável. Outro soldado foi ferido no ombro e na perna. Policiais fazem buscas na favela para tentar encontrar os envolvidos no tiroteio.

Na Vila Kennedy, zona oeste do Rio, houve troca de tiros na favela da Metral entre policiais da UPP e bandidos por volta das 2h30 deste domingo. Ninguém ficou ferido ou foi preso e o caso foi registrado na 34ª Delegacia de Polícia (Bangu).

Mais conteúdo sobre:
rio de janeirorocinhacadáver

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.