Polícia tenta retirar MST de fazenda em Queiroz-SP

O clima é tenso em Queiroz, na Alta Paulista, oeste do Estado de São Paulo, onde desde o início da manhã de hoje uma tropa da Polícia Militar tenta despejar cerca de 100 integrantes da ala do Movimento dos Trabalhadores Sem Terra (MST) ligada a José Rainha Júnior. Eles invadiram, no sábado, a fazenda Santa Bárbara.

JOSÉ MARIA TOMAZELA, Agência Estado

19 de janeiro de 2011 | 10h27

Os sem-terra saíram da fazenda e decidiram acampar na margem de uma estrada vicinal, mas foram impedidos pela PM. Houve ameaça de enfrentamento e os sem-terra voltaram para a propriedade. De acordo com Rainha, a liminar dada pelo juiz de Tupã, Paulo Pelegrini Júnior, determina o despejo mas não manda os invasores se afastarem da fazenda. A PM alega que o acampamento na margem da estrada pode causar risco aos próprios acampados.

Tudo o que sabemos sobre:
MSTreintegraçãoPMSP

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.