Policiais são presos por venda ilegal de munições em MT

A Polícia Federal (PF) desarticulou hoje um esquema de comércio ilegal de munições em Rondonópolis, a 200 quilômetros de Cuiabá, em Mato Grosso. Os responsáveis pelo esquema eram um policial militar da ativa e um da reserva.

EQUIPE AE, Agência Estado

24 de fevereiro de 2011 | 16h35

Foram apreendidos uma máquina para recarga de munições, recipientes com pólvora, espoletas, estojos e centenas de pontas de chumbo, além de balas de diferentes calibres. Os dois policiais foram presos em flagrante. De acordo com a PF, os policiais vendiam as munições para outros policiais e para criminosos. Prova disso foi o flagrante feito no dia 22 de fevereiro, após vigilância, quando um indivíduo foi preso com 50 projéteis.

Tudo o que sabemos sobre:
muniçõescomérciopoliciaisMT

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.