Policial de UPP é acusado de matar comerciante em briga no Rio

Mandado de prisão preventiva foi obtido junto ao plantão judiciário na manhã desta quarta; policial deve se apresentar no período da tarde

Solange Spigliatti, Central de Notícias,

16 de novembro de 2011 | 12h30

O policial militar Allan Coelho Monteiro, que trabalha na Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) da comunidade da Formiga, na zona norte do Rio de Janeiro, é acusado de matar o comerciante Rafael Antonio Cesar Dias Pereira, na madrugada desta terça, 15, durante uma briga de trânsito na Rodovia Washington Luiz.

A Corregedoria da Polícia Militar (PM) informou na manhã desta quarta, 16, que já obteve junto ao plantão judiciário, às 3h da madrugada, o mandado de prisão preventiva do policial militar.

O corregedor da PM, coronel Waldyr Soares Filho, informou que o policial ainda não foi preso, mas seus familiares já disseram que ele se apresentará nesta tarde. "A corregedoria agiu proativamente e obteve o mandado porque o caso é muito grave", disse o corregedor.

 

Tudo o que sabemos sobre:
mortecomerciantepolicialUPPRJCidades

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.