Policial é morto ao reagir a assalto em São Paulo

Um soldado da Polícia Militar Ambiental foi morto ontem à noite após reagir a um assalto no Morumbi, zona sul de São Paulo. Eriton Rodrigues de Oliveira, de 25 anos, esperava dentro do seu Chevrolet Astra preto a namorada descer do prédio onde mora quando foi abordado por dois homens que estavam em uma moto e anunciaram o assalto.

DANIELA DO CANTO, Agencia Estado

11 Junho 2009 | 06h36

Oliveira, que estava com a sua pistola particular, reagiu. Teve início uma troca de tiros, na qual a vítima e um dos bandidos foram baleados. Os dois criminosos deixaram o local na moto. Com dois tiros no peito, o policial chegou a ser socorrido, mas não resistiu aos ferimentos e morreu no Hospital Albert Einstein.

Pouco depois, um homem baleado deu entrada no Hospital Universitário (HU). A polícia foi avisada e uma testemunha do crime o identificou como um dos criminosos que tentou assaltar o policial. O nome dele não foi divulgado. Até o início da manhã, ele permanecia internado.

Mais conteúdo sobre:
PMassaltomorte

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.