Policial é morto na frente da casa da mãe

Um sargento da Polícia Militar foi assassinado na noite de domingo, 9, por volta das 21 horas, em frente à casa da sua mãe, no Jardim Martins Silva, região do Jaçanã, zona norte da capital.

BRUNO LUPION, Agência Estado

10 de maio de 2010 | 04h17

Segundo a polícia, o sargento Maximiliano, 39 anos, estava dentro do imóvel, na Rua Rodrigo de Castro, quando um veículo bateu em seu carro, estacionado no meio-fio. Ele saiu para ver os estragos e teria discutido com o motorista responsável pela colisão.

Alguns minutos depois, o motorista voltou com três homens e a discussão foi retomada. Houve troca de tiros e Maximiliano foi baleado sete vezes.

O policial, que exercia a profissão há 19 anos, foi levado ao pronto-socorro do Jaçanã, mas não resistiu aos ferimentos e morreu. O caso foi registrado no 73º DP (Jaçanã).

Tudo o que sabemos sobre:
violênciamorte

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.