Policial é morto por colega na porta de casa no Brás, em SP

Autor do crime estaria investigando denúncia de tráfico nas proximidades feita pela própria vítima

Daniela do Canto, estadao.com.br

27 Janeiro 2009 | 07h22

Um policial do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) foi morto na noite desta segunda, 26, na porta de sua casa, no Brás, região central de São Paulo. Edson Aires Orphanake, de 36 anos, foi baleado no peito por outro policial, supostamente um investigador que estaria verificando uma denúncia de tráfico de drogas em uma praça, feita pela própria vítima ao Setor de Investigações Gerais (SIG), da Delegacia Seccional Centro, horas antes de morrer. O caso será investigado pela Corregedoria da Polícia Civil, que ainda não se pronunciou oficialmente.

Mais conteúdo sobre:
crimehomicídiopolicialcasaSP

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.