Policial morre em troca de tiros em favela do Rio

Um policial civil morreu e outro ficou ferido durante uma troca de tiros ocorrida na noite de sexta-feira com criminosos da Boa Esperança, uma das favelas do Complexo da Maré, na zona norte do Rio. Três homens foram presos, acusados de participarem do ataque aos policiais.

EQUIPE AE, Agência Estado

20 de agosto de 2011 | 13h31

Evandro Carlos Mendes, lotado no Instituto de Criminalista Carlos Éboli, contou a parentes que tentou pegar um acesso à Linha Vermelha, mas errou o caminho e acabou entrando na favela. Homens armados sinalizaram para que ele parasse sua Pajero. Os policiais reagiram e houve o confronto.

Walter Cardoso, lotado na Academia de Polícia Civil Sílvio Terra (Acadepol), morreu na hora. Mendes, ferido nas pernas, conseguiu dirigir até o Hospital Getúlio Vargas, onde foi operado.

Os três suspeitos - Matheus Nascimento da Silva, de 18 anos, baleado no braço; Vitor Souza os Reis, de 28 anos e Gladson Ales dos Santos, de 20, ambos feridos no tórax - procuraram atendimento na Unidade de Pronto Atendimento da Maré e foram transferidos para o Hospital Geral de Bonsucesso. Foram localizados por policiais militares e estão internados sob custódia.

Tudo o que sabemos sobre:
tiroteiofavelaviolênciaRio

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.