População deve pagar mais por serviços, diz pesquisador

Alexandre Meira da Rosa, coordenador de pesquisa do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) que mapeou o sentimento da população de cinco grandes cidades (São Paulo, Buenos Aires, Cidade do México, Bogotá e Lima) a respeito da infraestrutura dos lugares onde vivem, chega à conclusão menos popular possível para os problemas enfrentados nos centros urbanos da região. "A população precisa começar a assimilar a ideia de pagar mais pelos serviços que recebe", afirma. "As pessoas entendem serviço público como sendo serviço gratuito e isso está na raiz do problema. Não existe serviço gratuito", disse Meira da Rosa, que coordenou a pesquisa "Megacidades e Infraestrutura na América Latina: O Que Opina sua Gente".

TIAGO DÉCIMO, Agência Estado

28 Março 2014 | 19h01

Mais conteúdo sobre:
BIDpesquisa

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.