POR PARTES

O ossobuco que cobre a polenta do Bra.do (R$ 44) é apenas um detalhe. O segredo do prato já vem indicado com uma colher de café. Ela será o instrumento para devorar o suculento tutano do prato rodeado de tanta carne. Depois, a impressão é de comer a embalagem. Mas o invólucro compensa cada dentada.

O Estado de S.Paulo

13 de julho de 2012 | 03h11

R. Joaquim Antunes, 381, Pinheiros, 3061-9293.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.