Potências concordam sobre governo unificado na Síria

Kofi Annan, mediador internacional, disse após as negociações em Genebra que o governo deve incluir membros da administração de Assad e da oposição

Reuters

30 de junho de 2012 | 14h49

Potências internacionais concordaram, neste sábado, que um governo nacional unificado deve ser estabelecido na Síria a fim de resolver o conflito entre o presidente Bashar al-Assad e as forças contrárias à sua permanência no poder.

O mediador internacional Kofi Annan disse após as negociações em Genebra que o governo deve incluir membros da administração de Assad e da oposição.

Ainda não estava claro qual o papel de Assad ou até mesmo se ele seria parte de um novo governo.

(Por Tom Miles)

Tudo o que sabemos sobre:
SIRIAPOTENCIASACORDO*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.