PR anuncia que fará oposição a governo Dilma no Senado

O líder do PR no Senado, Blairo Maggi (MT), anunciou nesta quarta-feira que o partido fará oposição ao governo da presidente Dilma Rousseff na Casa.

REUTERS

14 Março 2012 | 19h31

"Nós estamos nesse momento na oposição. Não significa oposição raivosa", disse Maggi a jornalistas no Congresso. "Já informei à ministra Ideli (Salvatti, Relações Institucionais) que o governo não conte mais com o PR", acrescentou.

A situação do PR dentro da base aliada já estava complicada desde o ano passado, após a demissão do então ministro dos Transportes Alfredo Nascimento, e da saída de vários indicados da legenda de cargos ligados à pasta.

Na época, parlamentares da legenda chegaram a ameaçar deixar a base governista.

A tensão teria se agravado após a escolha por Dilma na terça-feira do senador Eduardo Braga (PMDB-AM) para liderar o governo no Senado.

Braga é adversário político de Nascimento, que também é senador pelo Amazonas.

Maggi negou, no entanto, que a indicação de Braga tenha contribuído para a decisão.

(Reportagem de Maria Carolina Marcello)

Mais conteúdo sobre:
POLITICA PR SAIDABASE SENADO*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.