Tiago Queiroz/AE
Tiago Queiroz/AE

Prato do dia: filé ao molho mostarda

Do repertório clássico francês, o filé ao molho mostarda é um prato sem grandes segredos de preparo. Mas tem de ser feito na hora e com ingredientes de qualidade: a mostarda deve ser francesa de Dijon, do tipo forte. Creme de leite fresco e um bom vinho branco seco também são indispensáveis. Quanto à carne, os cortes mais comuns ao preparo deste prato são filé mignon ou alcatra. Esta receita, do já extinto restaurante Danton, está no livro Os Prazeres da Mesa (Editora Ática), publicado em 1987 por Saul Galvão, o ex-crítico de restaurantes do Estado e ex-crítico de vinhos do Paladar, que morreu em 2009.

Patrícia Ferraz, O Estado de S.Paulo

18 Julho 2013 | 03h01

1. Aqueça a manteiga numa frigideira e refogue a cebola e o salsão. Junte o louro, o alecrim e espere até começar a pegar cor.

2. Adicione o caldo de carne e deixe cozinhar uns 5 minutos em fogo brando.

3. Coe o molho, descarte as partes sólidas e devolva o líquido à panela.

4. Adicione o vinho e a mostarda. Mexa e deixe cozinhar uns 5 minutos.

5. Ponha o creme de leite e deixe cozinhar mais uns 10 minutos em fogo baixo, para engrossar.

6. Frite os filés em uma frigideira de fundo grosso, bem quente.

7. Ponha no prato de servir, cubra com o molho e sirva. Se quiser, com molho extra à parte.

Rende 2 porções. 

GLUPT! Recomenda

 

Vai bem com um tinto sem taninos duros, com fruta madura presente, um Syrah do Rhône, só ou em cortes, como o André Perret Saint-Joseph (R$ 207, na Premium Wines). Ou o Côtes du Rhône Rouge Vidal-Fleury (R$ 68, na Ravin). E ainda como o amável biô L'Anglore Cuvée des Traverses (R$ 119, na World Wine). Eles fazem bom contraponto com o sabor picante da mostarda.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.