Pré-candidatura só em fevereiro, afirma Dilma

A ministra da Casa Civil, Dilma Rousseff, afirmou ontem que só se tornará pré-candidata à Presidência em fevereiro do ano que vem. "Eu só vou virar pré-candidata em fevereiro, porque só em fevereiro tem congresso do PT que vai escolher quem será indicado para concorrer à sucessão do presidente Lula, para dar continuidade ao projeto do governo."

Sandra Hahn, O Estadao de S.Paulo

26 de novembro de 2009 | 00h00

Dilma também comentou o resultado da última pesquisa CNT/Sensus, em que o governador de São Paulo, José Serra (PSDB), lidera com 31,8% das intenções de voto e ela aparece com 21,7%, mas em ascensão. "Pesquisa é uma coisa virtual, volátil, reflete o momento", avaliou a ministra. "Então, ninguém pode ficar nem muito triste nem muito alegre com as pesquisas."

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.