Antonio Milena/AE - 16/6/2008
Antonio Milena/AE - 16/6/2008

Preço do boi segue em baixa, mesmo com pouca oferta

Estoques estão elevados nos frigoríficos e deve haver queda no número de animais confinados este ano

Alexandre Inacio, O Estado de S.Paulo

24 Junho 2009 | 01h46

O cenário do mercado do boi gordo se resume a oferta de animais ainda restrita e estoques elevados nos frigoríficos. O sentimento no mercado é o de que o número de animais confinados irá cair em 2009 em comparação com o ano passado. Nesse ambiente, os preços da arroba seguem estáveis, com pequenas oscilações diárias. Os pecuaristas resistem em vender o gado por valores abaixo dos níveis atuais e os frigoríficos não conseguem pagar mais pelo boi, por não sentir do varejo um aumento na demanda e ainda ter carne armazenada.

Na sexta-feira, a arroba para outubro fechou o dia valendo R$ 88,85 na BM&F. O resultado foi uma queda de 0,18% em comparação ao dia anterior. Já o indicador Esalq terminou o último dia da semana passada valendo R$ 80,76/arroba, estável em relação ao valor de quinta-feira e alta de 0,72% no acumulado da semana. No mercado físico, a oferta de animais em Mato Grosso do Sul segue cada vez menor, fazendo com que os poucos negócios que são fechados saiam a R$ 76 por arroba, para pagamento a prazo e imposto a descontar.

Mais conteúdo sobre:
Agrícolaboi gordoarrobapreço

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.