Precoce deve ter 20 meses e peso máximo de 18 arrobas

Para obter o padrão ideal de produção e tipificação da carcaça, é necessário reduzir a idade de abate do gado do Brasil, segundo o pesquisador Pedro de Felício, da Unicamp. ''''Isso vale para produtividade e sanidade, até porque desde os primeiros casos do mal da vaca louca, no Reino Unido, em 1985, sabe-se que a doença só se manifesta e torna-se fonte de contaminação em animais acima de 30 meses'''', justifica. Nesse sentido, embora a doença não tenha ocorrido no País, o professor sugere a redução da idade de abate para 2,5 anos. Felício lembra que o novilho precoce deve ter de 17 arrobas a 18 arrobas. ''''É isso que os geneticistas e nutricionistas terão que trabalhar para resolver, e como não se pode usar anabolizantes, deve-se deixar o animal inteiro (conservar os testículos) e trazer o abate para 20 meses, além de confinar o gado'''', recomenda. ''''De outro modo, penso que vamos continuar falando em novilho precoce outros 30 anos, já que começamos a lidar com esse conceito em 1977.''''

O Estado de S.Paulo

19 Julho 2007 | 06h31

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.