Prédio de indústria que pegou fogo será demolido em Itu

Após uma vistoria nesta sexta-feira, 13, a Defesa Civil determinou a demolição do prédio da IBBL, atingido por um incêndio que deixou um funcionário ferido, na última quinta-feira, 12.

JOSÉ MARIA TOMAZELA, Agência Estado

13 de setembro de 2013 | 17h38

De acordo com a inspeção, acompanhada pelo Corpo de Bombeiros, a estrutura do galpão industrial da fabricante de bebedouros e purificadores foi comprometida pelo incêndio e corre o risco de desabar. O prédio administrativo da empresa, que não foi afetado pelas chamas, será liberado após a demolição das instalações comprometidas.

O fogo atingiu linhas de montagem e o setor de expedição da empresa, que mantém contratos de exportação com clientes de 40 países. As causas do incêndio estão sendo apuradas em inquérito aberto pela Polícia Civil.

A IBBL não tinha concluído até a tarde desta sexta a contabilização dos prejuízos, mas todo o setor industrial ficou sem condições de voltar a operar. Em nota, a empresa informou que uma reunião entre diretores e gerentes vai definir a situação dos funcionários, clientes e fornecedores.

Mais conteúdo sobre:
incêndioitu

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.