Prédio é desocupado após estalos em Belém

O laudo da primeira análise feita na estrutura do Edifício Wings, no bairro do Umarizal, em Belém, mostrou que o concreto foi irregularmente aplicado no pilar que apresentou avarias no último fim de semana. O resultado foi apresentado hoje. Uma análise de cálculo também está sendo providenciada pela Porte Engenharia, empresa responsável pela obra, mas o Corpo de Bombeiros adiantou que o prédio só será liberado após outra empresa realizar análise paralela. Os moradores do imóvel tiveram de deixar suas casas após ouvir estalos.

PRISCILA TRINDADE, Agência Estado

18 de outubro de 2011 | 20h01

O engenheiro responsável pela vistoria informou às autoridades que "houve um esmagamento em um dos pilares de sustentação, devido a má aplicação do concreto durante a construção do edifício". O edifício e as casas vizinhas permanecem interditados. O Corpo de Bombeiros informou que continua monitorando a área, realizando medidas de prevenção e dando apoio aos moradores da região.

Mais conteúdo sobre:
prédiodesocupaçãoBelém

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.