Prefeito de SP festeja aval do TJ a ciclovias

O prefeito Fernando Haddad (PT) comemorou ontem, dia 28, a decisão do Tribunal de Justiça de manter todas as obras de novas ciclovias. "Entendo que é a solução mais moderna para a cidade. O mundo todo discute mobilidade hoje. É unânime que a solução vem de transporte público e malha cicloviária", afirmou, na Vila Moraes, zona sul.

LUIZ FERNANDO TOLEDO E JULIO MARIA; COLABOROU DIEGO ZACHETTA, Estadão Conteúdo

29 de março de 2015 | 08h05

Na quarta, em evento cultural na Lapa, ele já havia dito ao Estado que nenhum outro prefeito terá coragem de acabar com as faixas exclusivas. "Ninguém vai querer tirá-las."

Haddad também aposta no aumento do número de usuários. "Pergunte a quem implementou ciclovias em outros países. As ciclovias vêm antes dos ciclistas. Em alguns países, eles só apareceram seis anos depois."

O prefeito defendeu os gastos para a implementação das ciclovias. "É o investimento mais barato que estou fazendo. São R$ 80 milhões para 400 km, mas ela é mesmo mais visível e, como mexe com a cultura, sofre a contestação da oposição", afirmou.

Soluções

Procurada, a Prefeitura informou que uma "operação tapa-buraco" será iniciada nas ciclovias do centro amanhã. E todos os problemas apontados pelo Estado serão vistoriados. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Mais conteúdo sobre:
cicloviasSão PauloHaddad

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.