Prefeito de Taquarituba decreta estado de calamidade

O prefeito Miderson Melleo (PSDB) decretou, nesta segunda-feira, 23, estado de calamidade pública em Taquarituba, cidade do interior paulista atingida por um tornado na tarde de domingo, 22. De acordo com o levantamento preliminar da Defesa Civil, duas pessoas morreram (no domingo, a Polícia Militar havia falado em três mortes) e 64 ficaram feridas, muitas delas em estado grave.

JOSÉ MARIA TOMAZELA, ENVIADO ESPECIAL, Agência Estado

23 de setembro de 2013 | 17h45

Cerca de 150 casas foram danificadas, das quais 10 já foram interditadas, por falta total de segurança. O tornado com ventos de 150 quilômetros por hora arrasou o distrito industrial da cidade, danificando totalmente 38 empresas. O terminal rodoviário, uma escola e uma quadra esportiva, além do fórum, estão entre os prédios públicos atingidos.

Com o estado de calamidade decretado, o prefeito pode pedir mais recursos públicos para dar socorro imediato à população.

Mais conteúdo sobre:
vendavalTaquaritubacalamidade

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.