Prefeitura de SP fecha lojas de carro e de jogos

A Subprefeitura da Vila Mariana, na zona sul de São Paulo, fechou hoje a loja de automóveis Forest, no Paraíso, a casa de carteado Vegas Holden Club, em Moema, e uma banca de jogo do bicho, na Vila Clementino, os três bairros também na zona sul da capital paulista. Os dois primeiros deixaram de funcionar por desvirtuamento de licença e por estarem em áreas da Zona de Centralidade Linear, que não permite a atividade comercial e clube social. A banca aparentava ser uma lotérica tradicional, mas não possuía nenhum consentimento da Prefeitura. Inicialmente, a Forest havia sido lacrada em 21 de novembro, porém, nove dias depois, obteve uma liminar e reabriu. Como hoje foi negada a segurança do pedido de liminar, a loja teve de fechar as portas. Segundo a subprefeitura, em 2003, o comércio recebeu permissão para operar como escritório e não ser um ambiente de carros, como atuaria atualmente. Por fim, a área construída no local teria sido ampliada de 286 para 1,2 mil metros quadrados, sem autorização. Em setembro de 2006, o Vegas teve um pedido de anistia para escritório administrativo parcialmente aceito. Em 6 de dezembro de 2007, no entanto, o termo de consulta foi indeferido para clube social e a casa, intimada, no início deste ano. Já a banca de jogo havia sido lacrada pela subprefeitura e pela Polícia Civil em julho. Hoje, com a constatação de que as apostas eram realizadas, o local foi relacrado.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.