Prefeitura de SP pode criar empresa pública de ônibus

O prefeito Fernando Haddad afirmou nesta quinta-feira, 05, que a nova empresa pública de ônibus, em fase de estudos, poderá assumir um dos oito setores de transporte da cidade. Cada setor é responsável por uma região da cidade. "A empresa poderá ajudar a regular o setor", disse o prefeito.

ARTUR RODRIGUES, Agência Estado

05 de setembro de 2013 | 17h53

De acordo com Haddad, a Prefeitura já entrou em contato com o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) para estudar a viabilidade técnica do projeto. O valor da iniciativa ainda está sendo avaliado.

O prefeito afirmou que a ideia é que a empresa tenha uma frota "enxuta". Ele disse que, com uma empresa gerindo um dos setores, a estatal poderia assumir outras regiões em caso de má gestão ou paralisação de uma das concessionárias.

Mais conteúdo sobre:
empresa de ônibusPrefeitura SP

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.