Prefeitura recolhe 79 toneladas de lixo após Parada Gay

A Operação Parada Limpa, organizada para reforçar a limpeza na região onde aconteceu a 15.ª Parada do Orgulho LGBT de São Paulo, recolheu 79 toneladas de lixo. O número é quase duas vezes maior do que o registrado no ano passado, quando foram recolhidas 41,5 toneladas durante o evento. O balanço foi divulgado hoje pela Prefeitura.

MARCELA GONSALVES, Agência Estado

28 Junho 2011 | 18h09

Este ano foram instaladas 1.200 lixeiras ao longo do percurso de cerca de quatro quilômetros do desfile. Durante e após a realização do evento, cerca de 1.100 funcionários trabalharam na limpeza. Foram recolhidas ainda 8,7 toneladas de resíduos seletivos em três tendas instaladas em pontos como a esquina da Avenida Paulista com a Rua da Consolação, a Praça Roosevelt e o Largo do Arouche. Todo o material foi encaminhado para as centrais de triagem conveniadas: Coopercaps, Tietê e Cooperação.

Durante a operação, a Guarda Civil Metropolitana (GCM) recolheu 16.825 litros de bebidas (refrigerante, água, cerveja e vinho), 6.840 unidades de material perecível (bolos, doces e lanches), 19.936 mercadorias que estavam sendo vendidas irregularmente, 17 carrinhos e 2 veículos que comercializavam bebidas e comidas.

Mais conteúdo sobre:
Parada Gay lixo recolhimento SP

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.