Preocupação da mãe com a forma física pode afetar os filhos

A dieta da mamãe pode ser um mau exemplo para os filhos. Algumas pesquisas indicam que os jovens aprendem atitudes sobre alimentação ao observar os mais velhos. Para algumas crianças, isso pode significar uma fixação pouco saudável na aparência do corpo, advertem especialistas. "É como experimentar o sapato de salto alto da mãe. Eles estão experimentando na dieta também", diz Carolyn Costin, porta-voz da Associação Nacional de Distúrbios Alimentares. Conforme as taxas de obesidade aumentam entre as crianças, autoridades sanitárias alertam os pais sobre os riscos da fast-food e da falta de exercícios. Mas pouco se fala sobre os pais que contam, meticulosamente, cada caloria. Esse tipo de obsessão pode ser tão destrutivo, e levar as crianças a medir a auto-estima na balança, diz Christine Gerbstadt, da Associação Dietética Americana. Embora os pais também tenham um papel fundamental na atitude dos filhos sobre comida, pesquisas científicas têm focalizado a relação entre mãe e filhas, já que a preocupação com a imagem é mais comum no sexo feminino.Um estudo publicado por pesquisadores da Escola de Medicina de Harvard mostra que o hábito das mães de fazer dietas freqüentes se reflete em um hábito semelhante entre as filhas adolescentes. O trabalho também mostrou que as meninas com mães preocupadas com o peso têm maior probabilidade de desenvolver ansiedade em relação ao corpo.Trabalho publicado no Journal of the American Dietetic Association descobriu que meninas de 5 anos, filhas de mães que fazem dieta, têm o dobro da probabilidade de conhecer estratégias para perder peso do que meninas com mães que não fazer regime para emagrecer.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.