Presa mulher acusada de sequestra bebê no Paraná

Uma mulher acusada pela polícia de sequestrar um bebê no Paraná foi presa ontem em Embu, na Grande São Paulo. Angelina Bezerra, de 50 anos, foi detida pela equipe de investigadores do Distrito Policial Central da cidade. Ela estava escondida na casa de uma filha, a de nº 127 da Rua Paulo Eduardo Marinho, no Parque Independência. A mulher teria sequestrado uma menina de 3 meses de idade no dia 8 de dezembro do ano passado em Campina Grande do Sul, região metropolitana de Curitiba.

DANIELA DO CANTO E RICARDO VALOTA, Agencia Estado

29 de janeiro de 2010 | 05h46

Segundo investigações da polícia, Angelina e o genro, Valdir Silva Chagas, se ofereceram para dar uma carona à mãe da criança, Elisabete Cristina da Silva, de 32 anos, até o Paraná. A mulher morava com o pai da menina em São Paulo, mas, após uma briga, saiu de casa com a filha e ficou sem ter onde morar. Dias depois, ela conheceu Angelina, que teria oferecido a carona até o Paraná, onde Elisabete procuraria a ajuda de parentes. Durante a viagem, Angelina e o genro abandonaram a mãe da criança em um posto de combustíveis da Rodovia Régis Bittencourt.

Desesperada, Elisabete procurou ajuda da Polícia Rodoviária, que prendeu Chagas em um cerco na rodovia,mas a mulher e o bebê haviam desaparecido. A criança foi localizada em uma residência da Vila Anchieta, no Embu, onde foi presa Luana Bezerra, de 21 anos, filha de Angelina. À polícia o rapaz disse que Elisabete havia concordado em vender a criança a Angelina por R$ 2 mil, mas ela desmentiu a história. Com mandado de prisão expedido pela Segunda Vara Criminal do Embu, Angelina passou a ser considerada. A captura foi registrada no Distrito Policial Central de Embu.

Tudo o que sabemos sobre:
sequestrobebê

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.