Presas fazem rebelião em cadeia do interior de SP

Uma detenta grávida também chegou a ser ameaçada, mas foi solta sem ferimentos

SOLANGE SPIGLIATTI, Agencia Estado

07 de janeiro de 2008 | 13h28

Cerca de 71 detentas da Cadeia Feminina de Bom Jesus dos Perdões, no interior de São Paulo, se rebelaram na noite de domingo, 6, após tentativa de fuga frustrada. Segundo informações do carcereiro chefe da cadeia, Paulo Ferreira, as presas tentaram fugir por volta das 22 horas, quando uma carcereira abriu a cela para retirar uma presa que dizia estar se sentido mal.Elas foram contidas por um policial de plantão e começaram então a ameaçar a refém com pedaços de vidro. Uma detenta grávida também chegou a ser ameaçada, mas foi solta sem ferimentos.Durante negociações, as presas reivindicavam a presença da imprensa e pediam garantia de vida. A rebelião durou cerca de quatro horas, e por volta das 3h de hoje, as detentas liberam a refém e se renderam. A carcereira foi levada ao pronto-socorro, sem ferimentos.A cadeia feminina de Bom Jesus é a única da região e abriga 73 internas, sendo que a capacidade é de apenas 12. Ela recebe mulheres detidas em 22 postos policiais da região, segundo Ferreira, a maioria acusada de tráfico de drogas.Há dois meses o Ministério Público Estadual conseguiu na Justiça a interdição da cadeia por causa da superlotação, mas o Estado recorreu e o local continuou em atividade, de acordo com informações de Ferreira.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.