Preservação de sementes é preocupação antiga

A preservação de sementes é um assunto estratégico que por milênios mobiliza recursos em diversas civilizações. De 8000 a.C na Mesopotâmia ao atual projeto da Noruega de um estoque global de sementes - em uma espécie de caverna a 1,3 mil quilômetros do Polo Norte -, a questão da preservação dos alimentos é considerada fundamental por governos e cientistas.

O Estado de S.Paulo

14 de outubro de 2011 | 03h05

A questão da segurança também vem ganhando nova dimensão. Durante a guerra do Iraque e do Afeganistão, os estoques que esses países mantinham foram destruídos. Não eram de grandes proporções, mas cientistas creem que algumas variedades de sementes exclusivas da região foram perdidas.

Os desafios climáticos também fazem parte das ameaças. Em Honduras e nas Filipinas, bancos genéticos foram perdidos após desastres naturais. / J.C.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.