Presidente da Argélia diz que vai alterar Constituição

O presidente da Argélia, Abdelaziz Bouteflika, disse na sexta-feira que fará reformas legislativas e alterações na Constituição, uma medida que pretende evitar uma onda de rebeliões que varre o mundo árabe.

REUTERS

15 de abril de 2011 | 17h49

"Vou pedir ao Parlamento que faça uma revisão de todo o quadro legislativo", disse Bouteflika, de 74 anos, em discurso transmitido pela TV estatal.

O presidente, que não fala em público por ao menos três meses, disse que também decidiu alterar a Constituição "para reforçar a democracia representativa" na Argélia.

(Reportagem de Lamine Chikhi)

Mais conteúdo sobre:
ARGELIACONSTITUICAOALTERA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.