Presidente da Libéria amplia liderança e se aproxima de maioria

A presidente Ellen Johnson-Sirleaf ampliou sua liderança na eleição da Libéria, mas permanece sem conseguir uma maioria absoluta, de acordo com os resultados anunciados mais recentemente pela comissão eleitoral nesta sexta-feira.

REUTERS

14 de outubro de 2011 | 17h39

Johnson-Sirleaf lidera com 45,4 por cento dos votos, ante 44,5 por cento na quinta-feira, à frente do rival mais próximo Winston Tubman, agora em 29,5 por cento, de acordo com o presidente da Comissão Nacional Eleitoral, James Fromayah.

Com 585.179 votos válidos apurados de um total de 1,8 milhão de eleitores registrados, o ex-líder rebelde Prince Johnson ainda estava em terceiro lugar com 11,4 por cento.

Um segundo turno acontecerá no início de novembro se nenhum candidato conseguir mais de 50 por cento dos votos.

Cédulas de metade dos locais de votação do país do oeste africano já foram apuradas, com um comparecimento atualmente de 70,2 por cento, segundo a comissão eleitoral.

Liberianos votaram pacificamente na terça-feira, apenas a segunda eleição do país desde os anos de derramamento de sangue e caos que terminaram em 2003.

Johnson-Sirleaf, a recém-nomeada ganhadora do prêmio Nobel da Paz, entrou na disputa como favorita, mas Tubman, cujo companheiro de chapa é o ex-astro do futebol George Weah, tentou tirar vantagem de insatisfações populares, especialmente entre os jovens liberianos.

Embora o país tenha visto aumentar o investimento em setores de mineração e agricultura, muitos moradores dizem que o progresso tem sido muito lento e se queixam da falta de serviços básicos, preços elevados dos alimentos, criminalidade desenfreada e corrupção.

(Reportagem de Richard Valdmanis)

Mais conteúdo sobre:
LIBERIAVOTACAOAPURACAO*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.