Presidente da Ucrânia confirma assinatura de acordo de cessar-fogo

O presidente ucraniano, Petro Poroshenko, confirmou em sua conta no Twitter que os enviados a Minsk para negociar o fim do conflito entre as forças de Kiev e separatistas pró-Rússia assinaram um acordo de cessar-fogo que pode entrar em vigor ainda nesta sexta-feira.

REUTERS

05 Setembro 2014 | 10h45

Ele não deu mais detalhes. Serhiy Taruta, governador da região de Donetsk, no leste da Ucrânia, onde ocorre a maior parte dos conflitos, também confirmou a assinatura e disse aguardar por detalhes sobre o acordo.

Em separado, o primeiro-ministro ucraniano, Arseny Yatseniuk, disse em uma reunião de gabinete em Kiev, transmitida pela TV, que o plano de paz deve incluir três elementos -um cessar-fogo, a retirada das "forças russas e bandidos e terroristas russos", assim como o restabelecimento da fronteira da Ucrânia com a Rússia.

(Reportagem de Pavel Polityuk)

Mais conteúdo sobre:
UCRANIAREBELDESCESSARFOGO*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.