Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

Presidente de Uganda se reelege em eleição contestada

O presidente de Uganda, Yoweri Museveni, um líderes africanos há mais tempo no poder, venceu a eleição para um quarto mandato por uma margem enorme neste domingo, mas a oposição rejeitou o resultado.

BARRY MALONE E NJUWA MAINA, REUTERS

20 de fevereiro de 2011 | 11h22

Os números da Comissão Eleitoral deram a Museveni 68 por cento dos votos, contra 26 por cento a Kizza Besigye. A eleição foi realizada no dia 18 de fevereiro.

Descontente, ele disse que valores enormes foram gastos para comprar votos e subornar funcionários nos locais de voto, candidatos na eleição parlamentar simultânea e autoridades eleitorais.

"Uma eleição realizada neste ambiente não pode refletir a vontade da população. Por essa razão, rejeitamos o resultado da eleição e rejeitamos a liderança de Yoweri Museveni," disse Besigye em coletiva de imprensa.

Uma testemunha da Reuters disse que havia presença intensa de forças de segurança na capital, Campala. Soldados e policiais faziam patrulhas a pé e em veículos blindados de transporte de tropas, e policiais de choque se deslocavam em caminhões e veículos próprios da tropa.

(Reportagem adicional de Elias Biryabarema)

Tudo o que sabemos sobre:
UGANDAELEICAOPRESIDENCIAL*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.