Presidente do Chipre enfrenta 'tarefa muito difícil', diz porta-voz

O presidente cipriota, Nicos Anastasiades, esperado em Bruxelas neste domingo para buscar uma salvação para a crise financeira no país, tem uma tarefa muito difícil pela frente para salvar a economia da ilha, disse um porta-voz do governo.

Reuters

24 de março de 2013 | 09h27

Anastasiades e sua equipe, que estão buscando um resgate de credores internacionais, tem uma "tarefa muito difícil a realizar para salvar a economia cipriota e evitar um default desordenado, se não houver um acordo final sobre um acordo de empréstimo", disse o porta-voz.

(Reportagem de Michele Kambas)

Tudo o que sabemos sobre:
CHIPRETAREFADIFICILPORTAVOZ*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.