AP
AP

Presidente do Egito ordena aposentadoria de dois generais

O ministro da Defesa Tantawi e o chefe de equipe Sami Enam eram indicados como conselheiros de Morsi

Reuters,

12 de agosto de 2012 | 13h11

CAIRO - O presidente do Egito, Mohamed Morsi, ordenou a aposentadoria de dois importantes generais, entre eles Hussein Tantawi, que comandou o país depois da queda de Hosni Mubarak.

Morsi indicou dois generais para os lugares vagos. O anúncio foi feito neste domingo pelo porta-voz presidencial.

O presidente Mohamed Morsi também cancelou uma declaração constitucional que limitava os poderes presidenciais, editada em junho pelo antigo governo militar.

O ministro da Defesa Tantawi, que serviu como ministro de Mubarak por 20 anos e o chefe de equipe Sami Enam eram indicados como conselheiros de Morsi. O porta-voz disse que as mudanças têm efeito imediatamente.

(Por Edmund Blair)

Mais conteúdo sobre:
EGITOGENERAIS*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.