Presidente francês se separa da mulher

Anúncio partiu do palácio do governo; casal já não era visto junto com freqüência.

BBC Brasil, BBC

18 de outubro de 2007 | 13h10

O presidente francês, Nicolas Sarkozy, e sua esposa, Cecilia, decidiram se separar depois de 11 anos de casamento.A decisão foi tomada de "comum acordo", segundo uma declaração oficial divulgada nesta quinta-feira pelo Palácio do Eliseu.A imprensa francesa já vinha fazendo especulações a respeito do relacionamento do casal, já que Cecilia raramente aparecia em público ao lado do marido nos últimos meses.Em agosto, Nicolas Sarkozy foi sozinho a um piquenique na casa de verão do presidente americano, George W Bush. No último fim de semana, Sarkozy também apareceu desacompanhado durante o jogo da França contra a Inglaterra na Copa do Mundo de rugby, em Paris.Tanto Nicolas Sarkozy como Cecilia já eram divorciados e tinham filhos quando se casaram, em 1996. Juntos, eles têm um filho de 10 anos, Louis.Depois de uma bem-sucedida carreira como modelo, Cecilia Sarkozy trabalhou como assessora parlamentar e já foi considerada uma das mais próximas conselheiras políticas do marido.O relacionamento do casal Sarkozy era considerado "turbulento" e eles chegaram a se separar em 2005 por vários meses, época em que Cecilia foi viver em Nova York com um publicitário.Depois da reconciliação, Cecilia afirmou que "nunca quis ser uma primeira-dama tradicional".BBC Brasil - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização por escrito da BBC.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.