Presidente ucraniano aceita pedido de demissão de ministro de Defesa

O presidente ucraniano, Petro Poroshenko, aceitou a demissão do ministro da Defesa, Valery Heletey, informou o site da presidência neste domingo.

REUTERS

12 de outubro de 2014 | 13h33

O website informou que o presidente sentiu que era hora de mudar a liderança na defesa do país.

Heletey, nomeado por Poroshenko em julho, tem sido criticado nas últimas semanas por uma derrota das forças ucranianas em Ilovaisk, a leste da grande cidade industrial de Donetsk, uma batalha em que mais de 100 soldados ucranianos foram presos por separatistas apoiados pelos russos e mortos.

(Reportagem de Richard Balmforth)

Mais conteúdo sobre:
MUNDOUCRANIARENUNCIA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.